É importante saber que a distensão muscular não é exclusiva de atletas profissionais. Qualquer um de nós pode acabar passando por isso.

Essa lesão, que muitas vezes é chamada de ‘fisgada no músculo’, pode ser bem incômoda e, dependendo da gravidade, pode atrapalhar bastante nossa vida cotidiana, desde fazer exercícios até tarefas simples como subir escadas ou carregar coisas.

Entender o que é essa distensão e como ela acontece no nosso corpo é essencial para evitar que isso aconteça e saber como lidar caso ocorra. Por isso, dê uma olhada neste post onde explicamos tudo direitinho, desde o que é a distensão até como evitá-la caso necessário. Vale a pena conferir!

Você poderá ler também:

O QUE É DISTENSÃO MUSCULAR?

A distensão muscular, muitas vezes chamada de estiramento muscular, é uma lesão comum que afeta os músculos do nosso corpo. Ela ocorre quando um músculo é submetido a um estresse excessivo ou alongamento repentino que vai além de sua capacidade normal.

Isso pode acontecer durante atividades esportivas, exercícios físicos, movimentos bruscos ou até mesmo em situações do cotidiano, como levantar um objeto pesado de maneira incorreta.

Quando um músculo é distendido, ocorrem pequenas lesões nas fibras musculares, o que pode resultar em dor, inchaço e até mesmo na perda temporária de função muscular. Os sintomas variam de acordo com a gravidade da distensão, que pode ser classificada em três graus:

COMO EVITAR A DISTENSÃO MUSCULAR?

Evitar distensão muscular é fundamental para manter a saúde e o bem-estar físico. Essas lesões podem ser dolorosas e limitantes, interferindo nas atividades diárias e esportivas. Felizmente, muitas distensões musculares podem ser prevenidas com práticas simples e conscientes. Abaixo, apresentamos 5 dicas para evitar a distensão muscular:

  1. Aquecimento adequado: Antes de iniciar qualquer atividade física, é crucial aquecer os músculos. Realizar alongamentos suaves e exercícios de aquecimento por cerca de 10-15 minutos aumenta a circulação sanguínea e prepara os músculos para o esforço.
  2. Alongamento Regular: Incorporar alongamentos em sua rotina diária pode ajudar a manter a flexibilidade muscular. Certifique-se de alongar todos os principais grupos musculares, focando especialmente nas áreas que você usa com mais frequência em suas atividades.
  3. Fortalecimento Muscular: Um corpo com músculos fortes é menos propenso a lesões. Trabalhe na construção da força muscular, garantindo um equilíbrio entre os músculos que fazem o movimento e os que se opõem ao movimento.
  4. Técnica Adequada: Ao praticar esportes ou realizar atividades físicas, é fundamental aprender e manter uma técnica correta. Uma técnica inadequada pode sobrecarregar os músculos e levá-los a distensão.
  5. Descanso e Recuperação: O descanso adequado é crucial para permitir que os músculos se recuperem após o esforço. Evite sobrecarregar os músculos sem dar a eles o tempo necessário para se recuperar.

Em resumo, a distensão muscular, ou a famosa “fisgada”, não é algo restrito apenas aos atletas profissionais. Qualquer pessoa está suscetível a essa lesão, que pode causar desconforto e atrapalhar nossas atividades cotidianas.

Compreender o que é a distensão muscular é o primeiro passo para evitá-la e saber como agir caso ocorra. Como falamos neste post, é essencial aquecer os músculos, alongar regularmente, fortalecer o corpo, praticar técnicas adequadas, descansar e cuidar da recuperação.

Ao adotar essas práticas e prestar atenção ao seu corpo, você estará no caminho certo para evitar distensões musculares e manter sua saúde muscular em ótimas condições. A prevenção é a chave para desfrutar de uma vida ativa e livre de lesões musculares.

Fique por dentro de todas as novidades em calçados Doctor Pé, acesse nosso site www.lojadoctorpe.com.br e surpreenda-se.

AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTA PÁGINA TÊM CARÁTER MERAMENTE INFORMATIVO.ELAS NÃO SUBSTITUEM O ACONSELHAMENTO E ACOMPANHAMENTOS DE MÉDICOS, NUTRICIONISTAS, PSICÓLOGOS, PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA E OUTROS ESPECIALISTAS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *